Thiago Monteiro na semi do Chile

O cearense Thiago Monteiro conseguiu uma importante vitória nesta quinta-feira para se garantir na semifinal do challenger de US$ 50 mil disputado no saibro de Santiago. Monteiro passou pelo argentino Carlos Berlocq, 121º do ranking, com parciais de 6/3, 0/6 e 6/4 em 2h05 de partida.

Monteiro havia perdido duas vezes para Berlocq este ano, em duelos e três sets em Buenos Aires e São Paulo. Após a vitória sobre o veterano argentino de 34 anos, o cearense espera pelo vencedor da partida entre o colombiano Daniel Galan, 308º do ranking, e o cabeça 2 chileno Nicolas Jarry, 118º colocado. Será a primeira semi do ano para Monteiro que tenta alcançar a quarta decisão de challenger da carreira.

Cabeça 5 em Santiago e atual 129º do ranking, Monteiro já garantiu 29 pontos com a campanha até a semifinal e pode receber 48 com o vice-campeoanto e 80 em caso de título. Ex-número 74, o canhoto de 23 anos não defende mais nada na temporada, mas precisa descartar oito pontos de seu 18º e último resultado válido para o ranking.

O começo de partida foi bastante positivo para Monteiro, que tinha a iniciativa de controlar as disputas de bola e só foi ameaçado em um game de serviço, cedendo apenas quatro pontos quando colocou o primeiro saque em quadra. O cearense conseguiu duas quebras seguidas e venceu o set inicial.

Berlocq buscou a reação em seu melhor estilo, abrindo a quadra após bolas cruzadas com seu backhand de uma mão e apostando em variações de altura e velocidade para induzir o cearense aos erros. Monteiro foi quebrado três vezes e fez apenas quatro pontos no saque do adverário durante o segundo set.

Mesmo colocando apenas 50% de primeiros serviços em quadra no último set, Monteiro foi pouco ameaçado e só enfrentou um break point. O cearense já conseguia sustentar melhor as trocas do fundo e escolhia bem os momentos de partir para a definição dos pontos. Ele conseguiu uma importante quebra no quinto game e foi firme no saque até o fim do jogo. Fonte: Tenisbrasil